Buscar
  • José Tavares

Retomar o tempo novo

Atualizado: Abr 15

A Páscoa cristã abriu um tempo novo. Este tempo foi sendo esquecido e perdendo força no mundo dos humanos e parece ter alterado o próprio equilíbrio da natureza no planeta terra. O corona virus está a obrigar-nos a repensar tudo em profundidade e extensão. Nada ficará como dantes. Esta "pancada" não pode deixar de ficar marcada bem fundo na consciência dos homens. Não há males que por bem não venham e este parece ser o caso. Vai passar e vamos ficar bem. Mas precisamos de transformar as nossas maneiras de pensar, ser e estar com os outros, com a natureza e com o ambiente que é o nosso contexto mais próximo, a nossa morada. O lume, a luz e a água pascal da morte de Jesus Cristo deverá ser o sinal dessa transformação que pela ressureição transbordarão até ao fim do tempo de cada um e de toda a humanidade. O ser humano para tornar-se mais humano e ser mais feliz apenas terá que abrir-se séria, genuína e fielmente a este tempo novo, tempo que pouco tem a ver com o tempo novo dos políticos.

0 visualização