• José Tavares

Maioria da "surpresa" absoluta


Acho que ainda nos encontramos um pouco no domínio do sonho depois de duas semanas de campanha e as previsões avançadas pelas sondagens. Mas é verdade, Costa ganhou com maioria absoluta e tem 4 anos de “poder absoluto” pela frente. Até Marcelo estremeceu, pois, julgo que não era de todo isto que desejava. Vai precisar de ser ainda mais criativo. Será que foi bom para o País ou um sinal de retrocesso. Na Europa, apenas a Hungria, a Grécia e Malta têm maiorias absolutas. O futuro é que o irá dizer. De qualquer modo e pelo que já fomos observando, Costa não irá ter uma vida facilitada e tenho muitas dúvidas que esta seja a melhor solução para o desenvolvimento e o bem-estar dos Portugueses, apesar dos apoios europeus que irão chegar. Vamos esperar para ver, mas com bastante preocupação e muito dececionado pela parte que me toca.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo