• José Tavares

A utopia do "confinamento"


O confinamento não é uma solução, por si só, porque em muitos lugares do mundo simplesmente não é possível confinar. Penso não apenas em populações da África e da América, incluindo os Estados Unidos e o Brasil, mas também da Europa, da Ásia e da Oceania. Como se faz um confinamento em cidades e bairros degradados nas mais diversas regiões do planeta? Há imensa gente mergulhada em níveis de pobreza e de miséria que vivem do pouco ou muito pouco que lhes dá o seu dia a dia. Confinar seria muito pior do que ter que enfrentar o contágio e as dramáticas consequências da COVID -19. Que fazer em todas essas complexas e dramáticas situações? A meu ver só há uma solução eventualmente possível: encontrar e oferecer meios que, de alguma forma, ajudem a proteger as suas vidas mas sem fechar as pessoas em casa, pois, em muitos casos, nem sequer dispõem de uma verdadeira casa.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo